Gestão de recursos

BTG Pactual contrata Eduardo Guardia para comandar asset

O BTG Pactual anunciou nesta sexta-feira, 15 de fevereiro, o ex-ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, como o novo sócio e CEO da BTG Pactual Asset Management.Ele assumirá as suas novas funções em 1º de julho de 2019. Steve Jacobs continuará atuando como CEO da gestora até julho, quando passará a exercer a função de Chairman da BTG Pactual Asset Management, sendo o responsável, ainda, pelos investimentos internacionais do Grupo BTG Pactual. A BTG Pactual Asset Management tem R$ 184 bilhões sob gestão.

"Eduardo Guardia tem uma trajetória de muito sucesso nos setores público e privado e reconhecida liderança com experiência única em áreas como economia, investimentos e gestão", disse Roberto Sallouti, CEO do BTG Pactual, em comunicado. "Ele tem uma excelente relação com os investidores mais importantes da América Latina, e agregará muito valor ao nosso time de Asset Management", completou.

"O BTG Pactual continua demonstrando seu compromisso de ser o banco de investimento líder na América Latina, com relacionamentos de longo prazo com seus clientes e presença local nos principais países da região", afirmou Guardia.

Eduardo Guardia foi ministro da Fazenda do Brasil em 2018, secretário-executivo do mesmo ministério entre 2016 e 2018, secretário do Tesouro Nacional em 2002, além de secretário de Fazenda do Estado de São Paulo, entre 2003 e 2006. Guardia foi ainda diretor executivo da B3 (ex-BM&FBovespa) e diretor Financeiro e de Relações com Investidores da gestora GP Investments. Guardia é doutor em Economia pela Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (USP).

No dia 11 de fevereiro o BTG Pactual já havia anunciado outro reforço de peso para sua gestora com a chegada de Will Landers, que esteve nos últimos 17 anos na BlackRock, para chefiar a área de renda variável.