Allex Albert Rodrigues é nomeado subsecretário de regimes próprios

Allex Albert Rodrigues foi oficialmente nomeado pelo Governo Federal para assumir a subsecretaria de regimes próprios de previdência social (SRPPS) no lugar de Narlon Gutierre Nogueira. A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União da última quarta-feira, 30 de janeiro. Rodrigues atuava até então como coordenador-geral de atuária, contabilidade e investimentos da subsecretaria, que está submetida à Secretaria de Previdência. Narlon Gutierre Nogueira, por sua vez, ocupa a partir da agora a função de secretário adjunto da Secretaria de Previdência.

Também foram nomeados Bruno Bianco Leal para exercer o cargo de secretário especial adjunto da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho; e Daniele De Oliveira Vieira Paixão, Felipe Mêmolo Portela e Leonardo Alves Rangel como diretores de programa da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho.

Eduardo Reichert assume presidência do Ipref Guarulhos

Eduardo Augusto Reichert, que ocupou nos últimos dois anos a diretoria administrativo-financeira do Ipref Guarulhos, assumiu em janeiro a presidência do instituto previdenciário. Ele substitui Paulo Sérgio Rodrigues Alves, que estava no posto desde outubro de 2017. Antes do Ipref Guarulhos, Reichert, que também é o primeiro secretário da Apeprem, atuou como diretor administrativo-financeiro e presidente do TatuiPrev.

Dirigente de Biriguiprev é eleito presidente da Apeprem e tomará posse em outubro

Daniel Leandro BoccardoDaniel Leandro Boccardo, superintendente do Instituto de Previdência do Município de Birigui (Biriguiprev), é o novo presidente da Associação Paulista de Entidades de Previdência do Estado e dos Municípios (Apeprem). Ele foi eleito pela assembleia geral da entidade, realizada no último dia 21 de agosto, pela chapa única denominada “Juntos pelo RPPS que Queremos”. O novo presidente da Apeprem tomará posse no mês de outubro, substituindo Luiz Carlos Kahtalian Brenha de Camargo, do Instituto de Previdência Social dos Servidores Municipais de Itu - Ituprev. 

 

Além de Boccardo, compõe a nova diretoria  o superintendente do do Instituto de Previdência de Taboão da Serra - Taboãoprev, Marcos Rogério Fregate Baraldi, ocupando a vice-presidência da entidade.

Segundo Boccardo, o principal objetivo da nova gestão da Apeprem será aproximar a associação dos RPPS de menor porte, que normalmente são mais distantes e nem sempre conseguem participar dos eventos que a associação promove. “Queremos levar mais  workshops, eventos regionais e cursos de capacitação para o interior, ficando mais próximos do associado”, destaca Boccardo. Segundo ele, essa é uma demanda frequente dos pequenos RPPS. “Muitos RPPS que conheço no interior acham que a entidade precisa dar uma contrapartida, oferecendo mais serviço e apoio”.

Boccardo diz ainda que o estado possui hoje 220 regimes próprios, sendo que apenas 180 são associados da Apeprem. “Queremos buscar alternativas para que todos sejam associados, tentando fomentar o máximo possível a associação”.

Confira abaixo a lista com os membros eleitos pela chapa:

  • Presidente: Daniel Leandro Boccardo (Birigui)
  • Vice-Presidente: Marcos Rogério Fregate Baraldi (Taboão da Serra)
  • 1º Secretário: Eduardo Augusto Reichert (Guarulhos)
  • 2º Secretário: João Figueiredo (Jundiaí)
  • 1º Diretor Financeiro: Antônio Sergio Toniello (Pitangueiras)
  • 2ª Diretora Financeira: Regina Mainente (Praia Grande)
  • Diretoria Regional Norte: Adauto Cervantes Mariola (Votuporanga)
  • Diretoria Regional Sul: Rui Sergio Gomes de Rosis Junior (Santos)
  • Diretoria Regional Leste: Maria Regina Ricardo (Ribeirão Preto)
  • Diretoria Regional Oeste: Sebastião Benedito Gonçalves (Ilha Solteira)
  • Diretoria Regional Metropolitana: Marcos Galante Val (São Bernardo do Campo)
  • Diretoria Regional Central: Markus Tavares Gonçalves Silva (Tatuí)

Marlus de Oliveira é nomeado para presidir Paranaprevidência, após cargo ficar vago por quase dois meses

A governadora do Paraná, Cida Borghetti, nomeou, no último dia 30, o advogado Marlus de Oliveira para a presidência da Paranaprevidência. O cargo estava vago desde que Wilson Quinteiro deixou o RPPS, em 5 de abril, para se candidatar a deputado estadual. Formado em Direito pela Universidade do Tuiutí do Paraná e pós-graduado em Direito Civil pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Marlus de Oliveira foi assessor de desembargador no Tribunal de Justiça do Estado do Paraná e assessor da Procuradoria Geral do Município de São José dos Pinhais. Seu último cargo no setor público foi como assessor da Procuradoria Geral da Assembléia Legislativa  do Paraná, de onde se desligou em 2011.

Nos últimos anos ele foi sócio no escritório Orlandine e Oliveira Advogados Associados, que aparece no site do Grupo IMD como tendo sido criado para dar “suporte jurídico às empresas do Grupo e a seus clientes”. Ele deixou a sociedade há um ano.

Além de Marlus de Oliveira, a governadora Cida Borghetti também nomeou outros três diretores: Dorival Ferreira Dias para assumir a diretoria de finanças e patrimônio no lugar de Suely Hass; Mauro RIbeiro Borges, que substituiu Jefferson Rosolen Zenetti na diretoria de previdência; José Roberto Garcez do Nascimento para o cargo de diretor administrativo, antes ocupado por José Lagana. O único diretor que manteve o cargo foi Edson Wasen, que cuida da parte jurídica do RPPS.

Carlos Ambrósio assume presidência da Anbima com foco na autorregulação do mercado

A nova diretoria da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), composta pelo presidente Carlos Ambrósio e mais vinte executivos, tomou posse em cerimônia realizada nesta quarta-feira, 13 de junho, em São Paulo. Em seu discurso Ambrósio destacou a tarefa de implementar um plano de ação que já vinha sendo discutido durante a gestão de seu antecessor, Robert van Dijk, que envolve o desenvolvimento de propostas de estimulo à poupança de longo prazo, questões éticas e de conduta na autorregulação, e a busca por eficiência e redução do custo de observância.

O novo presidente da Anbima disse também que até o fim do ano a associação vai trabalhar na otimização da regulação e da autorregulação de ofertas públicas, na autorregulação das ofertas restritas 476, e no lançamento da plataforma de dados de mercado de capitais, para fomentar o acesso à informação e facilitar a realização de negócios. Por sua vez, van Dijk, em seu discurso, admitiu que a agenda de sua diretoria para o mercado, que incluía ajuste fiscal e reforma tributária e da previdência, além da independência e fortalecimento das agências reguladoras, entre outros pontos, “avançou menos do que gostaríamos”.

 

Governo do Rio Grande do Sul nomeia presidente do IPE Saúde

João Gabbardo dos Reis foi nomeado pelo governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, como diretor-presidente do Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Rio Grande do Sul - IPE Saúde. O instituto foi criado em abril de 2018, após aprovação do projeto de lei que reestruturou o Instituto de Previdência do Estado (IPERGS), segregando-o em IPE Prev e IPE Saúde. Ambos os institutos passaram a ter autonomia para gerir, respectivamente, os planos previdenciários e os planos de saúde dos servidores, com diretoria e conselhos separados.

 

Segundo comunicado do IPE Saúde, Gabbardo é médico formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), funcionário público estadual há 44 anos, tendo passagens pela secretaria de saúde do Estado e pelo Ministério da Saúde. Ainda serão nomeados os outros membros da diretoria executiva do IPE Saúde.

Prêmio Benchmark indica os três líderes mais influentes em cada segmento, inclusive RPPS

benchmark

Com um total de 631 votos, incluindo a participação de fundos de pensão, RPPS, gestoras de recursos e consultorias, foi encerrado no dia 30 de abril o 1º turno de votação do Prêmio Benchmark, que indicou os três mais admirados de cada categoria do mercado de investimentos profissionais. A eleição é realizada em dois turnos e as indicações do primeiro turno formam uma lista tríplice que é apresentada para votação em 2º turno, quando são eleitos os melhores de cada segmento.

A eleição do Troféu Benchmark é realizada anualmente pela revista Investidor Institucional, premiando profissionais de 20 diferentes categorias. A votação para o 2º turno, a partir da lista tríplice com os nomes mais votados no 1º turno, foi aberta ontem e vai até o dia 31 de maio. Os três dirigentes de RPPS mais votados foram: José Luiz Taborda Rauen, do IPMC Curitiba; Rui Sergio, do Iprev Santos; Sergio Miers, do Ipreville – Joinville. A lista inclui também os três profissionais de investimentos de RPPS mais votados, que foram André Kamizono, do Igeprev Pará; José Marcos Alves de Barros, do Reciprev; Regina Célia Dias, do Iprev DF. Veja abaixo a lista com todas as categorias e todos os profissionais indicados:

Os mais votados no 1turno

Para o 1º turno votaram 631 instituições/empresas. Para o 2º turno é esperado um número maior de votos, até porque tradicionalmente os indicados na lista tríplice costumam fazer campanha por seus nomes. Todas as entidades/empresas tem direito a votação, com um voto por entidade/empresa.

Os critérios de votação, que incluem uma regra que afasta conflito de interesses ao evitar que uma entidade/empresa vote em candidatos de seu próprio segmento, estão publicados no sistema de votação que pode ser acessados através do site www.investidorinstitucional.com.br quanto do site www.investidor-rpps.com.br.

Dos 631 votantes da 1ª fase, 360 foram regimes próprios de previdência. Além disso, votaram 119 fundos de pensão, 121 assets e 31 consultorias, incluindo as de fundos de pensão e as de rpps, e advocacia. O número de votos ficou um pouco abaixo do registrado na votação do ano passado, quando foram computados 741 votos, sendo 495 de RPPS, 131 de fundos de pensão, 98 de assets e 17 de consultorias/advocacia.

Ana Paula Vescovi é a nova secretária-executiva da Fazenda, nomeada pelo novo ministro da pasta Eduardo Guardia

ana paula vescoviaAna Paula Vescovi foi nomeada pelo ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, como sua substituta na secretaria-executiva da pasta, confirma comunicado do ministério. Ana Paula é economista e ocupava, até então, o cargo de secretária do Tesouro. Ela já teve passagens pela secretaria de política econômica do Ministério da Fazenda; foi diretora-presidente do Instituto Jones dos Santos Neves, que visa elaborar estudos e pesquisas sobre os aspectos econômicos e sociais do Espírito Santo, onde também foi secretária da Fazenda. Ela é ainda presidente do conselho de administração da Caixa Econômica Federal.

 O comunicado do Ministério da Fazenda destaca que, além do anúncio da nova secretária, que trabalhará lado a lado com o novo ministro, Guardia apresentou como ações prioritárias do ministério “a disciplina fiscal, o fortalecimento do mercado de capitais e de investimentos e o desenvolvimento e promoção de uma agenda de produtividade e eficiência”.

Ricardo Pontes é o novo secretário de Administração e Previdência do Piauí, empossado pelo governador Wellington Dias

Ricardo pontes secret previd piauiJosé Ricardo Pontes Borges foi empossado pelo governador do Piauí, Wellington Dias (PT), como secretário de Administração e Previdência do estado. Ele ocupava a presidência da Empresa de Gestão de Recursos do Piauí (EMGERPI). Pontes irá para a secretaria no lugar de Francisco José Alves da Silva, conhecido como Franzé Silva.

Ricardo Pontes é formado em Administração de Empresas pela Universidade Estadual do Ceará (UECE) e pela Associação de Ensino Superior do Piauí (AESPI). Ele fez carreira na Caixa Econômica Federal, com atuação em Teresina, Fortaleza, Rio de Janeiro e Brasília. Em 2003, foi assessor especial na Secretaria de Governo do Estado do Piauí (Segov). Posteriormente, foi para a superintendência de relações institucionais e sociais na Segov, chegando a atuar também como secretário de governo interino.

Pontes também já atuou como superintendente de gestão administrativa na Secretaria de Administração e Previdência, voltando para a Caixa em 2011 e, em setembro do mesmo ano, ocupando o cargo de assessor na Assessoria Federativa e Parlamentar da Secretaria Geral da Presidência da República. Em janeiro de 2015, assumiu a função de diretor-presidente da (EMGERPI), cargo em que atuava até o momento.

Instituto de Previdência de Santa Catarina dá início a processo para eleição do novo Conselho de Administração

O Instituto de Previdência do Estado de Santa Catarina iniciou o processo para eleger os novos membros do conselho de administração e fiscal do RPPS. Foram disponibilizadas ficha de inscrição e instruções relativas às eleições para membros dos conselhos. Os documentos devem ser protocolados e entregues na sede do Iprev, aos cuidados do seu presidente, Roberto Faustino, no período entre 05 e 26 de abril de 2018.

O conselho de administração é composto por 14 membros e é responsável pela deliberação e orientação superior do RPPS. Para esse conselho os segurados elegerão sete conselheiros, sendo um ativo de cada Poder e Órgão, além de um representante dos inativos e um dos pensionistas. Já o conselho fiscal é composto por seis membros e tem a competência de fiscalizar a gestão financeira do Iprev-SC. Para esse conselho serão eleitos três representantes dos segurados, sendo um ativo, um inativo e um pensionista.